Deu xabu… Brasil desiste do Mundial Militar Masculino

Parece que desorganização não acontece só por aqui nas nossas terras… A seleção brasileira militar anunciou, nesta terça-feira (28) a desistência da equipe masculina em participar da 32ª edição dos Campeonato Mundial Militar Masculino de Vôlei. O torneio acontece entre 31/8 e 7/7 em Teerã, capital do Irã.

Segundo nota divulgada hoje à imprensa, a desistência é resultado de um impasse entre o Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM – sigla em francês), e os responsáveis pela equipe brasileira, que teria alegado desorganização por parte dos responsáveis pelo evento.

Embora estivessem treinando a meses, atletas consideraram de bom senso a decisão dos responsáveis brasileiros. Segundo nota publicada hoje no Saque Viagem, o ponteiro Raphael Oliveira declarou o seguinte: “É uma pena, pois havíamos treinado durante vários meses e a competição é de bom nível. Mas, pelo que fiquei sabendo, o torneio estava com alguns problemas de organização. Nesse caso, o pessoal da seleção militar brasileira teve bom senso ao decidir não disputar”.

Além de Raphael, que é atleta do Vôlei Futuro, a equipe que disputaria o campeonato no Irã contaria com os levantadores Raphael Margarido e Thiago Gelinski, os ponteiros Thiago Sens, Anderson e Paulo, os meios de rede Giovanni, Vini e Otávio, os opostos Paulo Victor e Valdir, e o líbero Luicas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s