Rio 2016

 

Quadra

No Rio de Janeiro, em 2016, as seleções masculina e feminina de vôlei participaram de sua 14ª edição dos Jogos Olímpicos. Com a campanha de 2016, as seleções femininas de quadra alcançaram o marco de 10 medalhas olímpicas: dois ouros, três pratas e dois bronzes femininos e três ouros e três pratas masculinos.

Em casa, a seleção masculina nas quadras, comandada pelo técnico Bernardo Rezende, o Bernardinho, alcançou o terceiro ouro olímpico. A campanha teve partidas, ainda na fase de grupos, com vitórias sobre o México (3×1) e Canadá (3×1), derrotas para os Estados Unidos (1×3) e Itália (3×1) e vitória sobre a França (3×1). Mesmo com duas derrotas na fase de grupos, a seleção masculina se classificou para a fase eliminatória. Venceu a Argentina nas quartas de final (3×1), a Rússia na semifinal (3×0) e a Itália na final (3×0).

A campanha feminina teve partidas, na fase de grupos, com vitórias sobre Camarões (3×0), Argentina (3×0), Japão (3×0), Coréia do Sul (3×0) e Rússia (3×0). Apesar da campanha impecável na fase preliminar, a seleção feminina não conseguiu passar pelas chinesas na partida das quartas de final. Mesmo abrindo o placar em 1 set a 0, a China virou o jogo em 2 sets a 1. O Brasil conseguiu empatar o jogo, mas perdeu o tie-break e se despediu das Olimpíadas do Rio no dia 16 de agosto de 2016.

Praia

O vôlei de praia foi disputado pela primeira vez nos Jogos Olímpicos em Atlanta, nos Estados Unidos, em 1996. A única edição dos jogos em que o Brasil não chegou ao pódio foi a primeira, em 1996 (masculino) e 2008 (feminino). São 13 medalhas na modalidade: dois ouros, três pratas e um bronze masculinos e um ouro, quatro pratas e dois bronzes femininos.

No Rio de Janeiro, o Brasil foi para os jogos com duas duplas masculinas: Alisson Cerutti e Bruno Schmidt, Pedro Solberg e Evandro Gonçalves.

brasil-x-espanha_1308_05

O caminho de Alisson e Bruno foi trilhado com vitória, na fase de grupos, sobre Binstock e Schachter, do Canadá (2×0), derrota para Doppler e Horst, da Áustria (1×2), e vitórias sobre Ranghieri e Carambula, da Itália (2×0). Na fase eliminatória, venceram Gavira e Herrera, da Espanha (2×0), nas oitavas de final, Dalhausser e Lucena, dos Estados Unidos, nas quartas de final (2×1), e Brouwer e  Meeuwsen, da Holanda (2×1) na semifinal. Na final, a dupla brasileira venceu os italianos Nicolai e Lupo (2×0) e ficou com a medalha de ouro.

brasil-x-russia_1308_09

Pedro e Evandro não começaram bem os jogos. Na fase de grupos, perderam na estreia para Diaz Gomes e Gonzalez Bayard, de Cuba (1×2) e voltaram a perder para Saxton e Schalk, do Canadá (1×2). A primeira vitória foi, ainda na fase de grupos, sobre Samoilovs e Smedins, da Letônia (2×1). Classificados para a fase eliminatória, perderam para Barsuk e Liamin, da Rússia, nas oitavas de final (1×2) e foram eliminados da competição.

Duas duplas femininas disputaram o vôlei de praia no Rio de Janeiro: Agatha Bednarczuk e Bárbara Seixas – estreantes – e Larissa Franca e Talita Rocha – Larissa já era medalhista de bronze, em Londres, 2012.

braxusa_1608_19

Ágatha e Bárbara iniciaram a fase de grupos com vitórias sobre Hermannova e Slukova, da República Tcheca (2×1), Gallay e Klug, da Argentina (2×0). Perderam para Baquerizo e Fernandez, da Espanha (0x2). Na fase eliminatória, venceram nas oitavas de final Wang e Yue, da China (2×0), Birlova e Ukolova, da Rússia (2×0) nas quartas e final. Numa semifinal história, Agatha e Bárbara bateram as americanas Walsh e Ross por 2xo, impondo a primeira derrota olímpica da carreira de Walsh. Na final, no entanto, a dupla brasileira perdeu por 2×0 para Ludwig e Walkenhorst, da Alemanha, e ficou com a medalha de prata.

voleibronze5_m

Larissa e Talita começaram as Olimpíadas do Rio com vitórias sobre Birlova e Ukolova, da Rússia (2×0), Fendrick e Sweat, dos Estados Unidos (2×0), Kolosinska e Brzostek, da Polônia (2×0), encerrando a fase de grupos com campanha impecável. Nas oitavas de final, venceram Borger e Buthe, da Alemanha (2×0), Heidrich e Zumkher, da Suíça, nas quartas de final (2×1). Na semifinal, a dupla perdeu para Ludwig e Walkenhorst, da Alemanha (2×0). Talitha e Larissa ainda disputaram a medalha de bronze, mas também perderam a partida, desta vez para as americanas Walsh e Ross.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s