Inacreditável Vôlei Clube

brasilxchina_m

Foto: Divulgação CBV

Que me desculpem os marmanjos, mas as mulheres sempre nos encheram mais de orgulho. Se não pelo resultado, pelo menos pela raça, emoção, tudo isso misturado a muito disciplina. Não é à toa que, já na metade da Olimpíada, parte da torcida ande meio desacreditada com o vôlei – e o futebol também, oras – masculino, enquanto as equipes femininas dão aquele show de aproveitamento e resultado. Mas o dia 16 de agosto de 2016 ainda nem tinha começado e olha, parece que era um dia marcado no calendário pra dar TUDO errado.

Continuar lendo

Larissa e Talita esbarram nas alemãs e vão disputar bronze

_wil4916_m

Foto: Divulgação CBV

Atual medalhista olímpica de bronze no vôlei de praia, Larissa formou dupla com Talita e, juntas, acabaram se tornando as favoritas para a medalha de ouro da Olimpíada do Rio. Mas o sonho foi interrompido na tarde desta sexta-feira (16), nas areias de Copacabana. Larissa e Talita pararam na dupla formada pelas alemãs Laura Ludwig e Kira Walkenhorst, que venceram a semifinal por 2 sets a 0.

Se o primeiro set foi mais equilibrado, com parcial de 21×18 – três pontos de diferença – o segundo e decisivo set não pareceu disputado por duas duplas. Larissa e Talita sentiram a derrota no primeiro set e só conseguiram marcar 12 pontos no segundo. Com tranquilidade, as alemãs avançaram para a final, onde vão enfrentar a dupla vencedora da partida entre as brasileiras Ágatha e Bárbara e as americanas Walsh e Ross.

Foi-se a chance de dobradinha brasileira no pódio. Caso Larissa e Talita passassem à semifinal – e caso Ágatha e Bárbara se classifiquem logo mais – o Brasil teria asseguradas as medalhas de ouro e de prata, faltando definir somente quem ficava com qual. Com a derrota, Larissa e Talita ainda disputarão a medalha de bronze.

“Méritos para o time da Alemanha. A Olimpíada continua. Se elas foram melhores, temos que levantar a cabeça porque amanhã tem mais”, disse Talita, em entrevista ao SporTv.

Em cinco partidas disputadas – três pela fase de grupos e duas eliminatórias – Larissa e Talita tinham vencido todas, quatro pelas por 2 sets a 0. O único set perdido pelas brasileiras foi nas quartas de final, para a dupla Heidrich e Zumkher. O jogo aconteceu no último domingo (14), uma classificação eletrizante, em que as brasileiras bateram as suíças de virada.