A parte difícil de ter as melhores atletas

Foto: Fabio Rubinato/AGF/DivulgaçãoA parte boa de ter em seu time atletas do mais alto nível no ranking da CBV: significa que a equipe fez o trabalho direito. A parte ruim: não dá para mantê-las no time para a próxima temporada.

O ranking da CBV é o que determina as contratações das equipes e o que busca garantir que não sejam formadas super-equipes. Ou seja, o objetivo é ter um certo equilíbrio na disputa.

Continuar lendo

Rio de Janeiro conquista octacampeonato da Superliga Feminina

Alexandre Arruda/CBVE deu Rio de Janeiro! A final de Superliga Feminina, disputa na manhã deste domingo (7), no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, foi mesmo digna da grandiosidade do esporte no Brasil. O título foi decidido no tie-break, com uma vitória da equipe do Rio de Janeiro por 15 a 9 sobre as meninas de Osasco. Com o tie-break, a equipe do Rio fechou a partida em 3 sets a 2 (parciais de 22/25, 19/25, 25/20, 25/19 e 15/9) e conquistou, pela oitava vez, o título da Superliga Feminina.

Continuar lendo